Ao chegar a uma paróquia, os fiéis têm mais ou menos uma ideia prévia das pastorais que vão encontrar ali. Embora não seja uma regra, é comum encontrarmos a Pastoral da Família, da Saúde, da Liturgia, do Dízimo. Seriam, digamos, alguns serviços que consideramos básicos. Mas, dentro desta dinâmica de necessidades, algumas pastorais foram criadas, funcionam plenamente e não são tão conhecidas por nós. 

A Igreja, por sua vez, sempre nos motiva, como leigos, a buscarmos exercer nossa missão tendo como horizonte a evangelização de todos os povos: “A todos os fiéis incumbe, portanto, o glorioso encargo de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens em toda a terra” (Decreto Apostolicam Actuositatem, Papa Paulo VI). Embora esse mandado possa parecer estar em uma dimensão macro, é no serviço pastoral que encontramos a orientação mais objetiva e a resposta ao chamado que Deus nos faz a anunciar o seu amor. 

Por isso, apresentaremos, neste texto, algumas pastorais que existem no Brasil, estão presentes no Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, e podem ser uma resposta às necessidades de sua comunidade paroquial. Confira: 

 

Pastoral Afro-Brasileira

 

Foi reconhecida como organismo oficial da Igreja do Brasil em 1998, mas começou a ser idealizada na década de 1970. Essa pastoral lida diretamente com questões referentes ao combate ao racismo, à xenofobia – que é a rejeição de uma pessoa em função de seu país de origem – e sugestão de políticas públicas para promover e valorizar pessoas que são discriminadas em função da cor e da etnia.

A Edições CNBB dispõe de um título – Pastoral Afro-Brasileira: Princípios de Orientação –  que reúne dois anos de pesquisas, encontros e estudos sobre o tema. O subsídio, disponível neste link, tem como objetivo animar os grupos negros católicos, incentivar o surgimento de novos grupos, promover integração e ajudar na ampliação de conhecimentos sobre a pastoral. 

ADQUIRA O LIVRO CLICANDO AQUI

 Pastoral Urbana

 

Problemas pastorais específicos das grandes cidades – como o individualismo, enfraquecimento de laços comunitários – foram decisivos para a criação da Pastoral Urbana, na década de 1960. A ascensão dos grandes centros urbanos também foi um fator que preocupou a Igreja, pois, até então, toda a atividade pastoral estava essencialmente adequada para o ambiente rural ou para as pequenas cidades.

O livro Pastoral Urbana – Categorias de Análise e Interpelações Pastorais e a obra do Cardeal Sistach, disponíveis na Edições CNBB, podem ser uma boa opção para aprofundar no conceito da pastoral. 

ADQUIRA O LIVRO CLICANDO AQUI

 

Pastoral de Brasileiros no Exterior

 

Esta pastoral surgiu para, em comunhão com conferências episcopais de outros países, favorecer a vivência do Evangelho de modo a preservar – com as devidas proporções – as tradições religiosas e culturais da pátria de origem. Outra atuação muito importante dessa pastoral é no auxílio para que o imigrante não seja obrigado a renunciar completamente à própria identidade e se recuse a entrar em diálogo com a sociedade que o acolhe. 

Para conhecer um pouco mais sobre esta pastoral, sugerimos o título Pastoral dos Brasileiros no exterior – Missão além-fronteiras junto aos emigrantes brasileiros. Trata-se de um fruto de experiências da caminhada missionária com comunidades de brasileiros que vivem em outros países. 

ADQUIRA O LIVRO CLICANDO AQUI

 

Pastoral da Ecologia ou Pastoral do Meio Ambiente

 

Os recentes apelos do Papa Francisco em relação ao cuidado com o planeta só têm reforçado e confirmado cada vez mais o esforço desta pastoral. Sua principal proposta é sensibilizar e desenvolver ações em prol da defesa da vida no planeta. Também atua no fortalecimento do senso de justiça ambiental e de corresponsabilidade com a preservação e proteção dos diferentes biomas, da biodiversidade e do cuidado com todos os seres. 

No título Pastoral da Ecologia e do Meio Ambiente: Por uma paróquia sustentável, além de conhecer melhor o histórico, é possível ter acesso a um passo a passo para criar a pastoral em sua comunidade e, caso ela já exista, encontrar formação alinhada com o pensamento da Igreja sobre as questões relativas ao cuidado com o meio ambiente e a ecologia. 

ADQUIRA O LIVRO CLICANDO AQUI

Você sabia da existência dessas pastorais? Se gostou das dicas e sugestões, compartilhe com pessoas que você acha que terão interesse no tema.